Mistura Fina – Música para fugir do trânsito terá mediação audiodescrita ao longo de 2018

Shows musicais no Foyer Nobre do Theatro São Pedro, em Porto Alegre/RS, toda quinta, às 18h30, com entrada franca, serão mediados pela OVNI Acessibilidade Universal.

Até dezembro deste ano, todos os shows do projeto Mistura Fina – música para fugir do trânsito, no Foyer Nobre do Theatro São Pedro, em Porto Alegre/RS, terão mediação com audiodescrição da OVNI Acessibilidade Universal. Abrindo as comemorações pelos 160 anos do templo cultural dos gaúchos, o Mistura Fina prevê 40 shows ao longo de 2018, todas as quintas-feiras úteis, sempre das 18h30 às 19h30, com entrada franca. As vagas para a mediação audiodescrita, que se inicia meia hora antes de cada atração, são limitadas e devem ser reservadas com antecedência pelo e-mail ovniacessibilidade@gmail.com ou Whatsapp (51) 98451 2115. Em março, apresentam-se, no dia 22, a cantora Elisa Meneghetti, com o show MPB Sul, e, no dia 29, a roda de samba do Instituto Brasilidades. A programação de abril será divulgada em breve.

Elisa Meneghetti é uma intérprete da música popular brasileira. Na estrada profissionalmente desde 2010, já se apresentou nas principais casas noturnas e teatros do Estado. O estilo, que transita entre a psicodelia tropicalista, o funk norte-americano, o reggae e o bom e velho rock, é resultado da clara influência que carregam também os integrantes de peso da banda, formada por Andrei Correa (guitarra), Duda Cunha (bateria) e Filipe Narcizo (contrabaixo). Junto há oito anos, o grupo mostra propriedade e estilo nas canções escolhidas, numa perceptível simbiose e muito amor à musica e ao palco. Atualmente, Elisa trabalha em seu projeto próprio, a ser lançado no segundo semestre de 2018, reunindo composições de autores do RS como Nei Lisboa, Lico Silveira, Zé Caradípia, entre outros. Paralelamente, encabeça ‘Elisa e os Balangandãs’, que traz versões ousadas para clássicos de grandes mestres, como Vinícius de Moraes, Bill Withers, Belchior, Janis Joplin, Di Melo e outros, e também o projeto ‘Pra Viajar’, um show em homenagem ao compositor e cantor gaúcho Nei Lisboa.

Criado em 2008, o Instituto Brasilidades já reuniu milhares de pessoas de diferentes regiões, formando um público diversificado e comprovando a demanda por ações desta natureza. Com entrada gratuita e sempre em locais centrais da cidade, as atividades levam à população um conteúdo cultural pouco difundido nas mídias tradicionais, contribuindo para a afirmação do RS em um contexto nacional multicultural. No palco do Foyer Nobre, o Brasilidades irá promover mais uma de suas tradicionais roda de samba, levando ao público obras e compositores como Paulinho da Viola, Cartola, Dona Ivone Lara, Candeia, Geraldo Pereira, Wilson Baptista, Noel Rosa, Velhas Guardas entre outros bambas. Preservando o conceito das clássicas rodas de samba e agregando as diferenças em seu entorno, a roda apresenta instrumentos pouco comuns nas rodas de samba atuais, como cuíca, reco-reco de madeira, pandeiro de couro e atabaque.

Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e Sulgás apresentam:
Mistura Fina. Música para fugir do trânsito.
Apoio: OVNI Acessibilidade Universal.
Agente cultural: Primeira Fila Produções.
Realização: AATSP – Associação Amigos do Theatro São Pedro e Theatro São Pedro – Porto Alegre/RS.
Patrocínio: SulGás.
Financiamento: Pró-cultura RS – Lei de Incentivo à Cultura e Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
(descrição da imagem) O e-flyer colorido e horizontal tem como fundo uma foto noturna do Theatro São Pedro iluminado por fachos coloridos. Em destaque, o segundo piso do prédio claro, em estilo neoclássico, com a fachada voltada para a esquerda. O terraço, no pórtico avançado da entrada, está quase às escuras, no espaço entre quatro janelões retangulares arrematados por pequenos frontões. No térreo, é possível identificar o topo das portas e janelas em arco. No alto do e-flyer, o texto em letras brancas ao lado do logotipo do projeto Mistura Fina, também em branco, com as letras i substituídas por setas vermelhas. No rodapé, em uma faixa branca, os logotipos da apoiadora, agente cultural, realizadores, patrocinador e financiadores. (fim da descrição).

SOBRE O PROJETO
Mistura Fina – música para fugir do trânsito é o novo projeto do Theatro São Pedro que, reunindo diversas linguagens musicais, propõe uma agradável parada na hora do rush para quem trabalha ou está no Centro Histórico, esperando que o trânsito acalme. A iniciativa tem financiamento do Governo do Estado do RS, por meio da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, via Lei de Incentivo/Pró-Cultura RS, e patrocínio da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul – Sulgás.
Mistura Fina traz ao palco do Foyer Nobre – espaço com destacado histórico de guarida a diversas manifestações artísticas, com janelas para a praça Marechal Deodoro e a Catedral da Capital – grandes expressões da nossa música e seus convidados para um saboroso happy hour, temperado com arte, entretenimento e bom gosto. As apresentações irão ocorrer sempre às quintas feiras, às 18h30, com entrada franca.
No total de 40 apresentações, subirão ao palco do Foyer Nobre músicos locais e do interior do Estado. Com curadoria afiada de Arthur de Faria e Bruno Melo, Mistura Fina – música para fugir do trânsito traz ao palco do Foyer Nobre do Theatro São Pedro trabalhos bem elaborados, assegurando ao público a certeza de bons espetáculos.

(descrição da imagem) O logotipo do projeto Mistura Fina – música para fugir do trânsito está em letras brancas sobre fundo preto. As palavras “mistura” e “fina”, ambas em grandes letras maiúsculas sem serifa, estão uma acima da outra. As duas letras i estão alinhadas e foram substituídas por duas setas vermelhas: uma ascendente em “mistura” e outra descendente em “fina”, com um ponto branco entre ambas. A expressão “Música para fugir do trânsito” está em letras minúsculas, também sem serifa, em duas linhas, à direita da palavra “fina”. (fim da descrição)

Mistura Fina – música para fugir do trânsito, com mediação audiodescrita.
Onde: Foyer Nobre do Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº, Centro Histórico, Porto Alegre/RS).
Quando: quintas-feiras úteis de 2018.
Hora: 18h30 (a mediação audiodescrita se inicia às 18h, pontualmente).
Reserva de vagas para a mediação audiodescrita: e-mail ovniacessibilidade@gmail.com ou Whatsapp (51) 98451 2115.
Entrada: grátis.
Realização: Associação Amigos do Theatro São Pedro.
Agente cultural: Primeira Fila Produções
Financiamento: Governo do Estado do Rio Grande do Sul, SEDACLTEL e Pró-cultura RS.
Patrocínio: SulGás.
Apoio: OVNI Acessibilidade Universal.

Opções de transporte coletivo com parada próxima ao Theatro São Pedro:
Ônibus

C1 – Circular Centro
C3 – Circular Urca

Lotação
05.1 – Rio Branco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s